1 BRL = 1.01 PLN

Lubelskie

Lubelsie_1170.jpg

Antigamente a região era habitada por católicos, ortodoxos, judeus, gregos e armênios que viviam em plena harmonia e cujas culturas se penetravam. Um excelente exemplo da difusão da cultura e da religião oriental na Europa Ocidental é a Capela da Sta. Trinidade que se encontra no Castelo Real de Lublin. Pelas suas preciosíssimas pinturas bizantino-russas é um dos maiores tesouros da arquitetura europeia.

Lublin é a maior cidade do Leste da Polônia e um importante centro académico.

A pequena e pitoresca cidade de Kazimierz Dolny nad Wisłą atrai, sobretudo no verão, um verdadeiro multidão de pintores, escultores, fotógrafos e estudantes das Belas Artes. A praça do mercado transforma-se então numa grande galeria. As casas mais interessantes situadas nesta praça são Kamienica pod Św. Krzysztofem e Kamienica pod Św. Mikołajem. Do lado oposto encontra-se o Museu de Ourivesaria. Na encosta erguem-se as ruínas do castelo real e na margem do rio Vístula encontram-se dois celeiros da época do barroco. Um deles funciona hoje em dia como centro de exposições e o outro é um hotel. Pegando um barco podem atravessar o rio e chegar a Janowiec.

O palácio de Kozłówka é uma das mais bonitas residências aristocráticas da Polônia e tem uma curiosidade: na antiga cocheira funciona hoje em dia a Galeria do Realismo Socialista, onde podem ver as peças de arte da época de comunismo bem como os desmontados monumentos de Lenin e de outros líderes da época.

Não se pode esquecer de Zamość – uma “cidade ideal” cuja praça do mercado está inscrita na lista do Patrimônio Mundial da Humanidade da UNESCO. Foi construída nos anos de 1580-1640 no estilo do renascimento italiano tardio. O Mercado Grande com casas ricamente decoradas e coloridas impressiona invariavelmente os visitantes. Mas o ícone de Zamość é sua prefeitura com uma extensa escadaria que muitas vezes serve do palco para apresentações teatrais e concertos.

A região de Lubelskie é uma área atraente para os turistas que gostam de lazer ativo. Tem rotas para pedestres, ciclistas, cavalos e numerosas trilhas em parques nacionais. As áreas mais valiosas são protegidas, formando o Parque Nacional de Roztocze. Por esta região passa também a Rota de Ciclismo de Leste “Green Velo”.

O descanso e relaxe no seio da natureza garantem também centenas de casas de turismo rural, oferecendo produtos tradicionais, cozinha regional, escolas de equitação, lagos de pesca e organizando passeios de caiaque, bicicleta e safáris fotográficos....

Nałęczów é um dos mais famosos spas poloneses com quase 200 anos de experiência em tratamento de doenças do coração e do sistema circulatório. Chamado a cidade-jardim pela sua localização entre florestas e voçorocas, tem edifícios inspirados em casas tipicas das Montanhas Tatra e resorts alpinos. A cidade, sendo estância termal, possui edifícios antigos e centros modernos de recreio e hidroterapia.

Na região de Lublin são organizados multiplos festivais e eventos culturais. O maior deles é o Carnaval de Artes – Mestres que oferece grandes espetáculos que juntam teatro ao novo circo. Os melhores artistas e profissionais de arte circense provenientes de muitos países europeus participam no festival. Além de espetáculos e apresentações mágicos são organizadas as oficinas para iniciantes deste campo de arte.

Saiba mais sobre a região

www.lubelskietravel.pl

PLANEJE SUA ROTA

Planeje uma viagem
How many people?
1
For how long?
2 days
Boletim de Notícias