Warsaw 12.8 ºC
1 EUR = 4.28 PLN
Contacte-nos

Bolinhos de massa cozidos e fritos em uma panela com bacon

Trata-se de um prato tradicional muito popular que se tornou um ícone da cozinha mais requintada do país. Os pierogi estão em todas as ementas de quase todos os restaurantes mas nem todos são iguais ou sabem da mesma maneira! Existe uma grande variedade de recheios, tempos de cozedura e modos de apresentação. Neste artigo iremos revelar o que está por trás deste prato estrela.

Em primeiro lugar, a maioria dos pierogi que são servidos em restaurantes são um produto preparado manualmente. A preparação da massa, para uma pessoa com experiência, não supõe qualquer tipo de dificuldade. A parte mais trabalhosa encontra-se na preparação do recheio (que marca a diferença) e na elaboração dos pierogi que são feitos um de cada vez. As empadas são servidas recém cozidas ou cozidas e posteriormente fritas. Os pierogi doces costumam ser servidos acompanhados com natas e açúcar, e os salgados, com toucinho ou bacon frito, temperados com ervas frescas (cebolinho, eneldo, salsa) e, às vezes, com nata.

Pierogi ruskie; o recheio é preparado à base de batata cozida, cebola e queijo fresco e temperado com sal e pimenta. Esta variedade, sobretudo nesta zona do país, vem acompanhada com um delicioso creme de leite e...bacon frito.

Pierogi z mięsem; o recheio é feito essencialmente com um tipo de carne cozida. Habitualmente usa-se carne de vaca que tenha servido para preparar o caldo. No entanto, nos restaurantes mais sofisticados pode encontrar os pierogi recheados com carne de pato ou de caça.

Pierogi z kapustą i grzybami; prepara-se uma massa o mais compacta possível de choucrut (couve fermentada), cebola e cogumelos. Esta variedade é muito típica durante a época de Natal.

Pierogi z jagodami; recheados com mirtilos, servidos com natas e açúcar. É a preferida das crianças e uma apreciada sobremesa para os adultos.

Aptos para todos os paladares

Partindo dos sabores tradicionais, nos restaurantes especializados chamados pierogarnia, é possível encontrar um grande leque de possibilidades, fruto do processo criativo dos chefs: recheados com queijo, verduras com queijo ou frutas. É importante salientar que são servidas variedades aptas para dietas sem glúten, para vegetarianos ou veganos. Além disso, se quiser provar diferentes sabores pode pedir uma travessa com empadas de diferentes tipos. De qualquer modo, o habitual é serem servidas diferentes variedade numa dose, dando um toque muito social a este prato, perfeito para partilhar.

Aproveite os produtos da época

Na Polónia há muita fruta no verão: morangos, framboesas, ameixas, ginjas, maçãs, pêras, groselhas vermelhas e pretas...É o momento ideal para se atrever a provar uma dose de pierogi (ou outro prato) recheado de fruta fresca. 

No final do verão costumam aparecer os cogumelos kurki (em polaco) que confeccionados com a delicada massa dos pierogi (pierogi z kurkami) dão origem a uma iguaria deliciosa. Além dos cogumelos kurki são também utilizadas outras espécies para a elaboração deste prato dando origem aos famosos pierogi z grzybami.

Eventos

Ao ser um prato muito popular, é fácil encontrar vários eventos e oficinas relacionados com os pierogi por todo o país. Estes têm lugar em cidades como Varsóvia (com uma versão vegan), Wroclaw (festival das empadas do mundo) ou Cracóvia, que vai já na sua 17ª edição do Festival de Pierogi, realizado na Praça Menor (Mały Rynek) durante o mês de Agosto (consultar datas).

PIEROGI - RECEITA

Ingredientes para o recheio:

  • 500 g de couve em pickle picada
  • 100 g de cogumelos silvestres desidratados
  • 1 cebola
  • 1 colher de azeite
  • sal, pimenta

Massa para os pierogi:

  • 500 g de farinha de trigo
  • 1,5 copo de água quente
  • sal

 

Colocamos os cogumelos desidratados numa tigela e acrescentamos água fria até cobrir os cogumelos. Deixamo-los repousar durante uma hora pelo menos. Não deites fora a água quando terminares! Acrescentamos a cebola picada, o sal, os cogumelos picados e a couve cozida e escorrida. Misturamos e temperamos pouco a pouco e ao gosto de cada um. 

Misturamos a farinha com a água e temperamos enquanto amassamos. Quando a massa tiver uma consistência elástica, fazemos com o rolo uma capa fina. Recortamos as tortas com uma forma circular. Sobre estas, no centro, colocamos uma colher de recheio, dobramo-las ao meio com a forma da meia lua, juntando os lados curvos com os dedos. Quando estiverem prontos, fervemos os pierogi em água com sal, esperamos até começarem a flutuar e cozinhamos durante mais uns minutos. Os pierogi podem ser comidos com cebola frita ou com um pouco de natas ácidas.

BOM PROVEITO!

A nossa morada
Organização Polaca de Turismo
Delegação para Espanha e Portugal
calle Princesa 3 duplicado, local 1310
28008 Madrid, Espanha