Warsaw 5 ºC
1 EUR = 4.32 PLN
Contacte-nos

A região de Podkarpacie situa-se na Polónia sudeste e é uma das regiões mais pintorescas da Polónia, com numerosas igrejas católicas e ortodoxas, sinagogas, palácios, castelos e cortes que provam a sua riqueza arquitetónica. Os castelos renascentistas em Baranów Sandormierski e Krasiczyn pertencem aos monumentos mais preciosos de época da Polónia e os templos em Blizne, Haczów, Radruż, Turzańsk, Smolnik e Chotyniec encontram-se na lista do Património Mundial da UNESCO.

  • Castelo de Krasiczyn
    Castelo de Krasiczyn
  • Montanhas Bieszczady no outono
    Montanhas Bieszczady no outono
  • Krosno, centro de artesanato de cristal
    Krosno, centro de artesanato de cristal
  • Atividades excelentes em Bieszczady
    Atividades excelentes em Bieszczady
  • Praça principal em Rzeszów
    Praça principal em Rzeszów
  • Reservatório de retenção em Solina
    Reservatório de retenção em Solina
  • Museu etnográfico ao ar livre em Sanok
    Museu etnográfico ao ar livre em Sanok
  • Igreja Ortodoxa em Jaslo
    Igreja Ortodoxa em Jaslo
  • Castelo de Lancut
    Castelo de Lancut
  • Castelo de Baranów Sandomierski
    Castelo de Baranów Sandomierski

A capital da região é Rzeszów, uma cidade com 660 anos de história. O plano urbano do centro da cidade reflete o seu passado. Ao redor do mercado e da câmara municipal desde o século XIV até ao século XIX – XX foram construídas casas, pousadas, lojas e tascas, e debaixo delas caves e casamatas para fins de conservação de alimentos e defesa, que hoje podem ser visitadas como a Rota Turística Subterrânea “Caves de Rzeszów” (Rzeszowskie Piwnice). A rota tem 369 m de comprimento e engloba 25 caves conectadas por 25 corredores. Os edifícios e recordações históricas mais antigas estão situados em torno da cidade antiga de Rzeszów. São principalmente o mercado com a câmara municipal, as ruas contíguas e um poço. A igreja mais antiga de Rzeszów, a Igreja Paroquial e o Conjunto Conventual da Ordem dos Bernardinos, desempenhavam outrora funções defensivas.

Em Łańcut, situado a leste de Rzeszów, encontra-se um dos mais imponentes palácios magnatas do país. O edifício de dois andares com um pátio interior, construído na segunda metade do séc. XVI, está rodeado por um magnífico parque do séc. XVII. Nos interiores ricamente decorados há galerias de pintura. No parque encontra-se uma estufa fria, um castelinho romântico e outras construções decorativas. Nas antigas cavalariças instalou-se o Museu de Carruagens com uma das mais bonitas coleções deste tipo na Europa.

O segundo palácio mais bonito da região, a seguir a Łańcut, é o palácio em Baranów Sandomierski com um lindíssimo pátio com arcadas.

Przemyśl com a história de 1000 anos é uma das cidades mais antigas da Polónia. A cidade-fortaleza foi premiada  no ano de 2013 com o título do melhor lugar para visitas de turismo no concurso europeu EDEN. Situada numa região de encontro de culturas, é famosa pela imponente fortaleza, pelo arboretum (jardim botânico especializado em árvores). Na sua vizinhança encontram-se as cidades de Bolestraszyce e o castelo de Krasiczyn.

As montanhas Beskidy e Bieszczady que se estendem junto às fronteiras com a Eslováquia e a Ucrânia, pertencem às regiões menos povoadas de Europa, atraindo pessoas que buscam um contato íntimo com a natureza. A área mais valiosa das montanhas Bieszczady está incorporada no Parque Nacional de Bieszczady, que pertence à Reserva Internacional de Biosfera dos Cárpatos do leste. Os picos mais altos ultrapassam os 1300 m sobre o nível do mar. É a região menos povoada da Polónia onde vivem ainda no seu habitat natural lobos, ursos e cobras. É ideal para praticar caminhadas, ciclismo e passeios a cavalo de raça local huçul, entre outros lugares, em Muszyna e Polana. No inverno há boas condições para praticar esqui nórdico. No verão pode-se fazer iatismo e windsurf no Lago de Solina. A única cidade grande de Bieszczady é Sanok, situada na margem do rio San. Na cidade encontrará um castelo do século XVI remodelado no princípio do século XIX. Na localidade de Majdan, no sul de Bieszczady, começa uma ferrovia de carril estreito que faz um pitoresco percurso entre as montanhas.

As localidades tais como Rymanów-Zdrój, Iwonicz-Zdrój, Polańczyk-Zdrój, Horyniec-Zdrój são estâncias termais polacas muito famosas. Rymanów-Zdrój situa-se numa das mais regiões mais limpas a nível ambiental do país. Iwonicz-Zdrój, por sua vez, é uma das mais velhas estâncias termais polacas. A excecionalidade deste sítio é marcada pela beleza da paisagem e da arquitetura própria. A Corte de Kombornia é o edifício cuja história remonta ao século XVI e que alberga actualmente um hotel de luxo de quatro estrelas com SPA.

Na região há muitas rotas temáticas entre as quais: a Rota da Arquitetura de Madeira e as Rotas de Vinhos dos Cárpatas.

A Rota da Arquitetura de Madeira atravessa uma parte da Polónia, albergando várias regiões. Na parte situada na região de Podkarpacie há 128 edifícios, entre os quais se encontram os prédios típicos das pequenas cidades, cortes, museus ao ar livre, um palácio e templos de madeira, únicos na escala mundial, igrejas católicas e ortodoxas, entre outros. Os maiores tesouros são os templos em Haczów, Blizne, Smolnik, Turzańsk, Radruż i Chotyniec, inscritos na lista do Património Cultural da UNESCO. A igreja de Haczów é a mais antiga da Polónia e a maior igreja de madeira do mundo. Foi construída provavelmente no século XIV.

“As Rotas de Vinho dos Cárpatas” passa por zonas montanhosas pitorescas, cidades e sítios interessantes, museus e monumentos do passado, pérolas da arquitetura sacral de madeira e tijolo. Seguindo a rota, é imprescindível provar o sabor dos vinhos regionais e conhecer as suas tradições vinícolas, bem como experimentar produtos regionais. Há duas rotas que compõem a “A Rotas de Vinho dos Cárpatas”: a rota do vinho branco, guia para vinhas e adegas situadas no sul da região e a rota do vinho tinto trazido da Hungria para a Polónia.

A região de Podkarpacie é um sítio ideal para praticar turismo ativo. Os turistas esperam numerosas pistas para a prática de hipismo, ciclovias, e no inverno pistas para corridas de trenós puxados por cães. Os declives das montanhas Bieszczady, Beskid Niski e Pogórze são lugares perfeitos para os amantes de esqui, oferecendo numerosas estações de esqui de vários níveis de dificuldade e pistas para praticar esqui nórdico.

A região é também famosa pelo turismo aéreo. A perfeita orografia do terreno e uma boa infraestrutura técnica, bem como o pessoal experiente oferece os voos turísticos de aviões, planadores e paramotores.

Saiba mais sobre a região:

www.podkarpackie.travel

A nossa morada
Organização Polaca de Turismo
Delegação para Espanha e Portugal
calle Princesa 3 duplicado, local 1310
28008 Madrid, Espanha