1 BRL = 0.98 PLN

Castelos e Palácios

ZamekKrasiczyn1170.jpg

Castelos e Palácios - os cavaleiros e o luxo da aristocracia no passado da Polônia

Visitar castelos e palácios na Polônia é uma fascinante viagem através dos séculos. Esses objetos testemunharam a difícil história polonesa e são a comprovação das mudanças que ocorreram.

Hoje os castelos e palácios, conservados e recuperados, erguem-se orgulhosamente como monumentos que preservam a memória do povo polonês. Alguns permaneceram intactos nas várias partes, outros foram reconstruídos ou então restaurados cuidadosamente. O maior projeto deste tipo foi a reconstrução do Castelo Real em Varsóvia.

Em castelos e palácios há hotéis de luxo, spas e restaurantes que fazem referência à antiga corte e à cozinha da caça, proporcionando uma experiência culinária fantástica. ,p>A riqueza histórica polonesa espera para ser descoberta: fortalezas medievais de terra, pedra e madeira; cadeias de fortificações; castelos teutônicos; castelos das famílias mais abastadas; fortificações e fortalezas em novo estilo; castelos reais; mansões das famílias aristocráticas construídas no final da Renascença e por fim, suntuosos palácios nos melhores padrões da Europa. Constantes mudanças nos estilos arquitetônicos, filosofias em voga e decoração de interiores que ocorreram no decorrer dos séculos, bem como nas obra-primas de arte, belos móveis, pinturas e esculturas adornam os interiores dos palácios. As coleções reunidas são impressionantes. Em torno dos palácios foram criados parques e jardins surpreendentes, projetados no estilo francês ou inglês, muitas vezes com pavilhões românticos, de sonho até, que depois se tornaram salões de arte ou oásis de relaxamento, de reflexão.

BaranowSandomierski540_360.jpg

Baranów Sandomierski - o trabalho em pedra digna de um joalheiro

Chamado de "pérola da Renascença polonesa" e "pequeno Wawel". O castelo e o parque em Baranów é um monumento de primeira classe e um luxuoso oásis de tranquilidade. O artista italiano Santi Gucci, que na epoca trabalhava no castelo de Wawel, foi o criador destas jóias arquitetônicas. Construído no século XVI, hoje abriga um museu e um restaurante. Um hotel elegante fica junto ao castelo, e nas partes do seu interior histórico estão situados os mais luxuosos e elegantes apartamentos. Há também um Centro de Conferências e uma Academia de Golfe.

Białystok - o Versalhes polonês em um maravilhoso jardim

A mansão é cercada por belos jardins barrocos, vários canteiros de flores, caminhos, fontes e esculturas. O palácio foi projetado pelo, no século XVII, proeminente arquiteto Tilman van Gameren. Graças à sua arte, o palácio da aristocrática família Branicki é chamado de Versalhes do Norte.

PalacBialystok.jpg

dobrzyn_540_360.jpg

Golub-Dobrzyń - arena da luta dos cavaleiros

Foi construído no final do século XIII pelos monges da Ordem Teutônica. Hoje, no castelo acontecem espetáculos vivos do maior torneio histórico de cavaleiros na Europa Central. As antigas cozinhas do castelo hoje são restaurantes, e os interiores do castelo são quartos de hóspedes.

Gołuchów - "castelo do Loire" em Wielkopolska

A arquitetura do castelo de Gołuchów tem por referência os famosos castelos franceses do Loire. Os salões e gabinetes são decorados com um magnífico mobiliário, lareiras sofisticadas, pinturas e tapeçarias. Há uma coleção única de vasos gregos.

Goluchow1_540.jpg

Kozlowka_540_360.jpg

Kozłówka - palácio nos moldes do Versalhes

Um dos museus mais interessantes da Polônia, que encanta com uma rica coleção de pinturas e esculturas incomuns, bem como o interior esplendoroso e colorido.

Um jardim de sonho no estilo francês conduz ao palácio. Os seus interiores apresentam a preservada decoração autêntica do fim do século XIX e início do século XX. Situada na antiga cocheira, a Galeria de Arte do Realismo socialista reúne mais de 1.600 obras originais - pinturas, esculturas e posters - de artistas poloneses dos anos 50 do século XX, quando a arte estava a serviço da ideologia comunista.

Książ - a pérola da Baixa Silésia

Considerado um dos maiores castelos poloneses, junto com o Castelo de Malbork e o Castelo de Wawel. O edifício imponente, com seus jardins, é rodeados por colinas. A decoração barroca do Salão Maximilian e dos aposentos da Princesa Daisy impressiona. No castelo são realizados concertos, exposições e festivais.

Para os turistas há, também, a possibilidade de visitar um fragmento do misterioso túnel escavado pelos alemães durante a Segunda Guerra Mundial.

Ksiaz_540_360.jpg

Kornik_540_360.jpg

Kórnik - coleções de livros em um ambiente romântico

O castelo, localizado perto de Poznań, abriga uma das mais valiosas coleções de livros na Polônia. A arquitetura original do castelo de Kórnik faz referência aos padrões do período do Romantismo inglês. O palácio é rodeado por um jardim em estilo Inglês. No castelo estão reunidos livros antigos, mapas e manuscritos poloneses ou ligados à Polônia.

Malbork - a maior fortaleza de tijolos do mundo

Esta impressionante fortaleza foi construída pelos cavaleiros teutônicos em terras polonesas.

Malbork era a sede do Grão-Mestre da Ordem dos Cavaleiros Teutônicos. Muros poderosos, fossos, pontes levadiças e portões treliçados, postos de armas, catapultas e armazéns; todas estas partes do edifício formam hoje o conjunto de monumentos de arquitetura gótica, listado como Patrimônio Mundial da UNESCO. A encenação do cerco de Malbork é realizada em agosto, uma semana após a encenação da famosa batalha de Grunwald. Ambas as produções compõem a maior reconstrução histórica na Europa Central.

Malbork_540_340.jpg

MOszna_540_340.jpg

Moszna - "La Belle Epoque" em todos os sentidos

O Castelo em Moszna é uma obra eclética. Refere-se principalmente às formas barrocas, mas os detalhes arquitetônicos e de decoração que apresenta sofreram também a influência de outras épocas. O complexo do parque e do castelo consiste de um terreno de 8000 m2 de superfície, 365 quartos e 99 torres.

Pszczyna - impressionante castelo com interior autêntico

Quase todos os equipamentos no salão do castelo são objetos históricos, originários do período entre o fim do século XIX e o início do século XX. Localizado junto ao centro histórico da cidade, rodeado por um parque criado nos moldes de um jardim romântico. No depósito subterrâneo pode-se admirar as armas europeias e orientais que datam a partir do século XVI até o período entreguerras do século XX. As salas do castelo enchem-se de música com frequência; nelas são organizados concertos de música, principalmente a clássica. Perto do castelo está localizada uma fazenda de exibição de bisões europeus.

Pszczyna_540_360.jpg

Wawel_540_360.jpg

Wawel - símbolo nacional

O majestoso castelo, situado sobre a colina de Wawel, é um monumento da história e da arquitetura, e o lugar onde estão guardados objetos de arte e da memória nacional. Até o fim do século XVI era também o local de residência dos governantes poloneses. De todas as coleções, a mais valiosa é a das tapeçarias do século XVI, que retratam cenas bíblicas, e onde alguns brasões de armas poloneses e lituanos foram incluídos.  "Szczerbiec" (espada da coroação dos reis poloneses), a única insígnia real restante e um objeto inestimável, encontra-se no Tesouro Real do Castelo Real em Wawel.

Wilanów - palácio salvador da Europa

O palácio rodeado pelo belo jardim, unido à Cidade Velha de Varsóvia pela Estrada Real. A residência barroca foi um presente do rei Jan III Sobieski para a sua amada esposa. A arquitetura do palácio de Wilanów combina os feitos da arte europeia e as preferências da nobreza polonesa. A rica coleção de Wilanów representa épocas diferentes. Há vasos antigos, pinturas de Cranach, Rubens e David, e porcelana chinesa. Em 1683, o exército sob o comando de Jan III Sobieski venceu a batalha que foi um marco na história europeia, afastando a ameaça muçulmana nesta região da Europa.

Wilanow_540_360.jpg

ZamekKrolewskiWarszawa.jpg

Castelo Real em Varsóvia - monumento da história polonesa

A residência real impressiona com os seus ricos interiores. Na praça do castelo ergue-se a Coluna de Zygmunt com a estátua do rei Sigismundo III Vasa, que mudou a capital polonesa de Cracóvia para Varsóvia. Este é um dos pontos de encontro favoritos, bem como o início ou fim da famosa Estrada Real. O interior do castelo possui uma decoração sofisticada, molduras refinadas e belas decorações cuidadosamente trabalhadas com finíssimas folhas de ouro. Em 1791 foi o local da aprovação da primeira constituição na Europa (e a segunda no mundo). Durante a Segunda Guerra Mundial, o castelo foi quase completamente destruído, sendo 30 anos depois restaurado com as contribuições da sociedade. Juntamente com a Cidade Velha, o Castelo Real de Varsóvia é hoje um Patrimônio Mundial da Cultura da UNESCO.

O Castelo em Lublin - testemunha da fraternidade entre o oriente e o ocidente

A bela residência real ergue-se na colina acima de Lublin. No século XVII, o castelo de propriedade real foi quase completamente destruído. A torre românica mais antiga, com paredes espessas e a capela gótica da Santíssima Trindade com maravilhosas pinturas russo-bizantinas, foram as únicas a resistir. A capela, hoje o mais valioso monumento da cidade, possuía uma arquitetura tipicamente ocidental porém suas pinturas eram de estilo oriental. É uma das obras mais interessantes de arte medieval na Polônia, única em escala europeia.

Lublin2_540_360.jpg

LazienkiKrolewskie_540_360.jpg

Łazienki Królewskie - o mais belo parque em Varsóvia

A arquitetura clássica compõe-se perfeitamente com os admiráveis jardins. Este Parque, um dos maiores complexos de jardins na Europa, é decorado com inúmeros pavilhões, pontes, esculturas, lagos e riachos. É uma das atrações turísticas mais valiosas ao longo da Estrada Real (o caminho histórico que liga a histórica Cidade Velha de Varsóvia ao Palácio de Wilanów). O edifício principal do parque é o Palácio na Água, de estilo neoclássico, que é também um museu com a exposição de interiores históricos, . Nas proximidades encontram-se o Anfiteatro e a Velha "Oranżeria". Nos fins de semana de verão, aos pés do famoso monumento de Frederic Chopin, são realizados os concertos ao ar livre do maior compositor polonês. O rei convidava os eminentes artistas e intelectuais para a sua residência. O Parque Łazienki é, até hoje, um lugar importante da vida artística de Varsóvia.

PLANEJE SUA ROTA

Planeje uma viagem
Quatnas pessoas?
1
Por quanto tempo?
2 dias

Boletim de Notícias