Warsaw 5 ºC
Contate-nos

zamek nidzica.jpg

Paisagens encantadoras, sabores surpreendentes, impressões únicas. 

Menos turistas, clima ideal, ainda quente mas sem calor e belas paisagens vermelho-alaranjadas. Férias de outono? Somente na Polônia!

O outono é a melhor época para visitar as montanhas Bieszczady – um lugar que é sinônimo de tranquilidade e contato com a natureza selvagem. As florestas de faias repletas de folhas mostram em outubro uma paleta única de cores: verde, amarelo, vermelho, acompanhadas pelas tonalidades de castanho que domina em enconstas dos morros chamados em polonês “połoniny”. O outono também é a época do cio de cervos, uma oportunidade única de os ouvir rugindo em seu ambiente natural. 

Florestas mistas e caducifólias com cores tão belamente cintilantes de abetos, limoeiros ou faias também dominam na região de Roztocze. Esta terra que se estende de Kraśnik até a fronteira com a Ucrânia, em Hrebenne, no outono impressiona mais com sua aura. Também é impossível desvalorizar as cristas elevadas da região de Roztocze e as voçorocas mágicas no Parque Paisagístico de Szczebrzeszyn que as atravessam.  

O tempo de queda das folhas douradas também traz consigo uma extraordinária abundância de tesouros naturais das florestas polonesas. Não podem não visitar o parque de Bory Tucholskie – a segunda maior floresta da Polônia. Até um décimo dos cogumelos que crescem aqui podem ser comidos. Os lagos locais são um paraíso para os pescadores e para aqueles que precisam do contato com a água para descansar. Todos ficarão encantados com o silêncio calmante, o cheiro da floresta, os líquens e musgos e as charnecas charmosas.

No outono, também vale a pena ir para o litoral polonês. A costa báltica é extremamente bela nesta época. Na superfície da água há cristas de ondas espumosas, o sol tem uma cor mais quente e a areia ainda guarda a memória do verão com sua temperatura. Outubro é também uma época de aumento da frequência das tempestades – fenômenos marítimos perigosos, mas também bonitos e fascinantes. É então quando o Mar Báltico traz a maior quantidade de âmbar e oferece mais iodo que é tão necessário.

Não há melhor época do que o outono para visitar os vinhedos poloneses. Afinal, o outono é a época da safra – sim, isso também acontece na Polônia! A cada ano, o mapa dos vinhedos poloneses está crescendo com novos lugares. Hoje você pode encontrá-los em quase todas as regiões – desde a voivodia de Lubuskie e Zachodniopomorskie, passando pela Baixa Silésia, Małopolska e Świętokrzyskie até Podlasie, Lubelskie e Podkarpacie. Os vinhos poloneses ganham rapidamente a marca e, nas degustações, muitas vezes batem os concorrentes com tradições vinícolas muito mais ricas. Os enólogos vão hospedar vocês com verdadeira hospitalidade polonesa e vão ficar felizes em falar de sua paixão e das espécies cultivadas. Então, não perca o tempo e parta numa viagem enoturística pela Polônia! 

PLANEJE SUA ROTA